Origens: Valentine's day - São Valentim



 

 
Valentine’s Day, ou dia de São Valentim, é comemorado em 14 de fevereiro, na maior parte do mundo como o dia dos namorados ou dia do amor. Começou a ser celebrado no século 5 - o primeiro dia oficial do santo foi declarado em 14 de fevereiro de 496 pelo papa Gelásio, em homenagem a um mártir que tinha esse nome.
Na verdade existe mais de uma versão para essa história a primeira e mais famosa é a de que São Valentim era um padre de Roma que foi condenado à pena de morte no século 3.
Segundo esse relato, o imperador Claudio 2 baniu os casamentos naquele século por acreditar que homens casados se tornavam soldados piores - a ideia dele era de que solteiros, sem qualquer responsabilidade familiar, poderiam render melhor no Exército. Valetim, porém, defendeu que o casamento era parte do plano de Deus e dava sentido ao mundo. Por isso, ele passou a quebrar a lei e organizar cerimônias em segredo. Quando Claudius descobriu, ele foi preso e sentenciado à morte no ano 270.
Na segunda história Valentine era um homem comum mas muito corajoso e de muita fé, ele ajudava os cristãos capturados a fugirem das penosas prisões romanas. Mas infelizmente um dia ele foi pego e lançado nos cárceres gelados da antiga Roma, e enquanto esperava seu julgamento, uma surpresa mais do que inesperada aconteceu!  A filha cega de seu carcereiro o visitava diariamente e ele se apaixonou perdidamente por ela, e dizem que por conta desse amor e sua fé a cegueira da menina foi curada. Antes de ser morto ele enviou uma carta de despedida assinada “From your Valentine” em português “De seu Valentine”.
Há ainda versão que une essas duas histórias na qual o próprio padre no período em que ficou preso, se apaixonou pela filha de um carcereiro. No dia do cumprimento da sentença, ele enviou uma carta de amor à moça assinando: "do seu Valentim" - o que originou a prática moderna de enviar cartões para a pessoa amada no 14 de fevereiro.
Mas foi apenas dois séculos depois que a data passou a ser efetivamente comemorada, quando o papa Gelásio instituiu o Dia de São Valentim, classificando-o como símbolo dos namorados.
A comemoração foi criada como uma resposta a uma tradição antiga que teria se originado em um festival romano de três dias chamado Lupercalia.
O evento, ocorrido no meio de fevereiro, celebrava a fertilidade. Seu objetivo era marcar o início oficial da primavera.
Como parte das celebrações, jovens sorteavam nomes de garotas misturados dentro de uma caixa. Os dois então se transformavam em namorados durante a festa, e podiam até casar.
Nos séculos seguintes, a Igreja decidiu erradicar celebrações pagãs e por isso transformou o evento em uma festa cristã, em homenagem a São Valentim.
O que acho mais legal é que essa é uma data de demonstração do amor assim como o natal, onde todos fazem cartões para serem entregues aos amados, sejam namorados,  pais, avós, amigos, amores secretos. Nesta data  as pessoas dão flores, caixas de bombons em formato de coração, os estabelecimentos ficam decorados todos respiram o amor e ato de amor são enaltecidos. Acho bem melhor que a ideia aqui do Brasil.
Referências: http://noivasemny.com/historia-valentines-day-dia-namorados-gringos/
http://blogs.odiario.com/brunagusmao/2015/02/12/a-origem-do-valentines-day-que-e-celebrado-dia-1402/

Comentários